Para onde vai meu dízimo?

 

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.”
Malaquias 3:10

 

Quando Salomão construiu o templo, várias salas ou câmaras foram construídas para diversos fins(I Reis 6:5). Estas dependências, por exemplo, eram usadas como abrigo para os cantores que apresentariam suas músicas (Ezequiel 40:44). Os guardas ocupavam uma destas salas (I Reis 14:18). Certa ocasião uma delas foi usada como esconderijo para Joás (II Reis 11:2 e 3).

Uma destas salas era usada como o lugar onde o dízimo que não era composto apenas de moedas, mas também de produtos agrícolas era entregue e guardado. Neemias usa a expressão “Casa do Tesouro” para falar de uma destas câmaras ou salas onde eram depositados os dízimos (ver Neemias 10:38). Uma espécie de tesouraria do templo. Portanto, ”Casa do Tesouro” é uma expressão para designar primariamente o lugar (ou espaço) onde o dízimo deveria ser guardado.

Levar à “Casa do Tesouro” significa devolver o dízimo no lugar designado. Isto é, à igreja a qual a pessoa é membro ou frequenta. Mas, para quê?

Temos que lembrar que a Casa do Senhor (o Templo feito por mãos humanas), assim como qualquer casa, tem que ter como se manter (…para que haja mantimento nela). Pense bem:

  1. Como funcionaria o ar-condicionado, som, iluminação, bebedouros, se a igreja não pagasse a conta de energia?
  2. De onde tiraríamos água para, bebedouros, banheiros, batistério e limpeza do templo?
  3. Lâmpadas queimam, ar-condicionado que quebra, pinturas se desgastam, copos descartáveis e produtos de limpeza acabam.
  4. A secretaria, zeladoria, manutenção, precisam de pessoas trabalhando em tempo integral e estas pessoas precisam sustentar suas famílias.
  5. A fidelidade a Deus.
  6. A beneficência precisa de mantimento para cuidar de quem estiver precisando.
  7. O material didático, que você recebe gratuitamente em qualquer classe da Escola Bíblica, também foi comprado pela igreja. Mesmo que você não tenha entregue nenhuma oferta.
  8. Trabalhos missionários, capacitação de irmãos para diversos trabalhos e auxílios para quem está se capacitando para o serviço do Senhor.

Estes são só alguns dos destinos dos dízimos e das ofertas no Templo Batista em Figueira. “Um bom lugar para servir”.

Cabe lembrar que a entrega do dízimo não é só uma questão de obediência, mas também uma questão de fé.

“De fato, sem fé é impossível agradar a Deus,
porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus
creia que Ele existe e que abençoa a todos os que O buscam.”
Hebreus 11:6